Projeto COLTEC-Colete Tecnológico recebe dois prémios

Projeto COLTEC-Colete Tecnológico recebe dois prémios

AEE /

Agrupamento de Escolas de Estarreja mais uma vez em destaque – COLTEC recebe 2 prémios!

1.º Lugar para o Projeto COLTEC - Colete Tecnológico “Wearable Technology” ao serviço da Segurança Rodoviária, defendido pelas alunas, Andreia Filipa, Beatriz Rodrigues, Gisela Aguiar e Soraia Santos (grupo COLTEC), representando o Município de Estarreja no Concurso Intermunicipal de Ideias de Negócio nas escolas 2017 - Região de Aveiro, realizado no dia 6 de junho, no Quartel das Artes, Dr. Alípio Sol em Oliveira do Bairro. Este concurso foi promovido no âmbito da rede de Incubadoras de Empresas da Região de Aveiro (IERA) e, em concurso, estiveram as “ideias inovadoras de negócio”, uma por município, desenvolvidas por alunos de Escolas Secundárias e Escolas de Ensino Profissional dos concelhos que integram a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) - Águeda, Albergaria-a- Velha, Anadia, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga e Vagos.

No dia 8 de junho, em Coimbra, no auditório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), o grupo COLTEC representando a Região de Aveiro marcou presença no Concurso Intermunicipal de Empreendedorismo “Concurso Regional de Ideias de Negócio nas Escolas 2017” e com uma prestação espetacular alcançou o 2.º lugar (prémio) – cheque no valor de €300. Fica a memória de uma experiência inesquecível, pois o Agrupamento de Escolas de Estarreja foi a única Escola Secundária em concurso entre um conjunto de equipas que representaram exclusivamente Escolas Profissionais. Este concurso, que tem como objetivo principal sensibilizar e motivar os jovens para a inovação e o empreendedorismo promovendo a iniciativa e o dinamismo nas comunidades onde se inserem, elegeu o “Aluno/grupo Empreendedor 2017”, entre os representantes das seis Comunidades Intermunicipais (CIM) da Região Centro presentes.

Este projeto foi um desafio aliciante, de grande exigência, praticado numa interação do saber técnico-científico assente num problema multidimensional, “elevada percentagem de acidentes rodoviários entre ciclistas e peões em Portugal e no Mundo”, que requereu uma observação abrangente das determinantes, das consequências e das soluções, bem como exigiu medições e comparações de variáveis em estudo. O nosso Agrupamento assente no despertar da consciência cívica para as questões de segurança rodoviária, tomou como orientação (de per si e em parcerias), a apresentação de soluções inovadoras num projeto assente na investigação científica e tecnológica. Nesta abrangência, a concretização do projeto com esta envergadura não se deve apenas aos seus alunos e professores envolvidos, Rosário Santos (coordenadora), Samuel Pereira e João Joana. Neste enquadramento, o Agrupamento de Escolas de Estarreja dirige um reconhecido agradecimento a todos os membros da comunidade educativa e participantes, que se envolveram nos diferentes momentos da efetivação do Projeto COLTEC. Palavras de grande apreço vão para os nossos parceiros privilegiados e membro institucional:

- À Fundação Ilídio Pinho firmamo-nos com estima e gratidão, não só pelo seu papel interventivo na cultura científica das comunidades escolares, como pelo financiamento obtido para a criação do projeto, através do Programa Ciência na Escola, recebido em cerimónia, fase de desenvolvimento.

- À ESTGA-UA um agradecimento muito especial, na pessoa do Prof. Dr. Artur Ferreira (Diretor da Instituição Universitária), pela oportunidade que deu à Escola de colaboração/parceria num projeto, que pode vir a fazer a diferença no meio rodoviário Português. Um merecido reconhecimento ao Prof. Dr. Mário Rodrigues, investigador no IEETA (coordenador da equipa de trabalho do COLTEC), Eng. Eletrotécnico, Jorge Melo e Egídio Paulo, pelo envolvimento, paciência, trabalho, partilha do conhecimento científico, meios e processos envolvidos.

- À Aveicellular, Lda., empresa líder no mercado de distribuição de telecomunicações e acessórios em Portugal, um sentido agradecimento, pois desde o primeiro momento que o projeto COLTEC foi apresentado ao seu administrador, Carlos Aguiar, acreditou no sucesso do colete tecnológico. Cita-se: "... pela importância do projeto em si, a Aveicellular, está disponível, numa forma tripartida ou outra, patentear a ideia/projeto, registar a marca, associado, inclusive ao nível comunitário, protegendo os direitos do produto". É algo que nos enche de orgulho e todas as contribuições e conhecimentos adquiridos através de longas reuniões com o Sr. Carlos Aguiar foram e serão sempre uma mais-valia de grande relevância para a formação dos nossos jovens alunos. Registam-se os agradecimentos de toda uma equipa de professores e alunos envolvidos neste projeto, pela disponibilidade, apoio e respeito que a todos dedicou.

O valor deste projeto está, assim, consubstanciado em três aspetos, o “Saber Científico”, a “Inovação/criatividade” e a “Região”, que fortalece e consolida uma cultura inovadora praticada no AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ESTARREJA.

“…sempre que um homem sonha, o mundo pula e avança!”

(António Gedeão)