​Visita de Rui Reininho à ESE

​Visita de Rui Reininho à ESE

Henrique Raínho, 12ºC /

Foi com agrado que diversos alunos da Escola Secundária de Estarreja estiveram no dia 27 de fevereiro na companhia do ícone da música pop rock portuguesa, Rui Reininho.

Formado em Cinema na Escola Superior de Teatro e Cinema em Lisboa, começa a carreira em 1977, ao gravar um disco com Jorge Lima Barreto. Mais tarde, em 1981, junta-se àquela que o tornaria conhecido, a banda GNR, prosseguindo carreira até ao presente. Pelo caminho atuou mais de mil vezes, não só em palcos portugueses mas também pelo mundo fora, em países como Canadá, Estados Unidos da América e Brasil, entre outros. Editou um livro, produziu outros artistas nacionais e ganhou diversos prémios, entre os quais, o prémio Blitz.

Quando a comunidade estudantil soube que iria estar com o vocalista dos GNR, pensava sê-lo no contexto de uma oficina de escrita criativa. Contudo, e demonstrando a sua boa disposição e à vontade perante as suas audiências, disse: “Não me apetece”.

Ao longo do seu discurso para com os alunos o cantor demonstrou a sua mentalidade liberal, assumindo o seu caráter boémio, pelo qual é conhecido, com toda a normalidade e orgulho. No decorrer de uma longa, mas apelativa e divertida conversa, Reininho contou diversas histórias, desde o facto de o “terem casado”, e de praticar topless na praia.

É com confiança que digo que a presença deste ícone foi muito apreciada pelos estudantes, tendo estes tido a oportunidade de ver que nem todos os “famosos” são os símbolos distantes do mundo do espetáculo.

No final da conversa e em contexto mais restrito, Rui Reininho foi questionado sobre a hipótese de os alunos seguirem um curso artístico na universidade. Respondeu que estes deveriam seguir os seus sonhos, com a devida consciência de que teriam de trabalhar muito, mas que poderiam ter os seus momentos de diversão desmedida pelo caminho.